BOO-BOX

BOO-BOX

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

A FORMAÇÃO E EXPANSÃO TERRITORIAL DOS ESTADOS UNIDOS

  As guerras entre monarquias europeias atuaram como fator decisivo para as independências na América. A Guerra dos Sete Anos (1756-1763) envolveu a França e a Grã-Bretanha na disputa entre colonos franceses e ingleses da América do Norte pelo domínio sobre as terras situadas entre os Montes Apalaches e o Rio Mississipi. A vitória dos colonos ingleses foi o estopim da independência dos Estados Unidos. A insurreição teve início como reação pelo aumento dos impostos cobrados pela Metrópole. Os colonos argumentavam que deviam ser compensados pela ajuda que haviam prestado à Coroa Britânica na luta contra os franceses.
Pintura que retrata a Guerra dos Sete Anos entre franceses e ingleses
  As elites comerciais e os proprietários de terra das Treze Colônias fundadas pelos ingleses na América do Norte, unidos na rejeição aos impostos e às taxas metropolitanas que sugavam a riqueza colonial, declararam a independência dos Estados Unidos, em 04 de julho de 1776.
  A invasão da Espanha pelas tropas francesas de Napoleão, em 1810, deflagrou o processo das independências na América Espanhola. As elites das colônias hispânicas, estimuladas pelas ideias vindas da república independente dos Estados Unidos, e aproveitando-se da situação da metrópole, aderiram ao movimento de libertadores, como Simón Bolívar, e apoiaram os movimentos de independência.
Simón Bolívar - líder do movimento de independência da América Espanhola
AGLUTINAÇÃO E FRAGMENTAÇÃO
  Após as independências, o processo de formação dos Estados nacionais da América seguiu um caminho divergente: de um lado, aglutinação; de outro fragmentação.
  A América Anglo-Saxônica, colonizada pelo Reino Unido e pela França, exibe apenas dois estados nacionais, cujas áreas ocupam a segunda e a quarta posições no mundo: Canadá e Estados Unidos. Essa dinâmica revela-se também na América Portuguesa, que se manteve unida sob a forma do Brasil independente, o quinto país do mundo em área territorial.
  A América Espanhola se subdividiu em dezoito Estados independentes, alguns bastante extensos, como a Argentina e o México, outros muito pequenos, como o El Salvador.
América Espanhola
  Na América Anglo-Saxônica, o traçado das fronteiras completou-se durante o século XIX.
  Na América Latina, o século XIX e o período que vai de 1900 a 1945 representaram as duas fases de definição dos traçados. As fronteiras brasileiras, que delimitam a América Portuguesa, já estavam praticamente definidas em 1900. Na América Espanhola, onde a definição dos limites fronteiriços se prolongou pela primeira metade do século XX, permanecem diversos focos de conflitos.
A EXPANSÃO TERRITORIAL DOS ESTADOS UNIDOS
  No final da guerra de independência, o território dos Estados Unidos abrangia as áreas originais das Treze Colônias, entre os Montes Apalaches e o Atlântico. As terras conquistadas pelos colonos ingleses no conflito com os franceses eram as situadas entre os Apalaches e a margem esquerda do Mississípi.
As Treze Colônias - EUA
  As sete décadas seguintes à independência registrariam um poderoso movimento de incorporação pelos Estados Unidos de territórios britânicos, franceses, espanhóis e mexicanos, estendendo a jovem república ao Golfo do México, ao sul, e ao Pacífico, a oeste.
  A Louisiana, antiga possessão espanhola anexada pela França em 1800, foi comprada pelos Estados Unidos em 1803. A França napoleônica, que já estava em guerra com o Reino Unido e enfrentava a revolta dos escravos do Haiti, preferiu abrir mão da Louisiana por uma quantia irrisória.
  Em 1819, a Espanha abriria mão da Flórida, também vendida para os Estados Unidos por um preço irrisório.
Mapa da expansão territorial dos Estados Unidos
  Essa atividade expansionista em áreas de influência francesa e espanhola, originou diretamente a Doutrina Monroe, que ganhou esse nome por ter sido pronunciada pela primeira vez em uma mensagem do presidente James Monroe ao Congresso dos Estados Unidos, em 1823. Nela, o presidente alertava as potências europeias de que qualquer tentativa de recolonização ou de ingerência delas nos assuntos do continente americano seria considerada uma ameaça à segurança dos Estados Unidos. A frase "A América para os americanos" sintetizava o significado dessa doutrina.
James Monroe - ex-presidente dos Estados Unidos
  O traçado noroeste da fronteira foi completado em 1846, quando o Reino Unido cedeu parte do atual estado de Oregon, e em 1867, quando o Alasca foi comprado da Rússia. A expansão prosseguiu rumo ao sudoeste, sobre terras mexicanas. Entretanto, foi preciso vencer a resistência mexicana pela força das armas. Derrotado, o México perdeu o Texas, o Arizona, o Novo México e a Califórnia.
Texas - estado norte-americano que foi tomado do México
  A república estadunidense se expandiu sob uma base econômica desigual. Os estados do Norte baseavam sua economia no trabalho livre e na propriedade familiar.  Esse padrão expandia-se para as Planícies Centrais, povoadas por colonos europeus.
  Os estados do Sul baseavam sua economia no trabalho escravo e na grande propriedade senhorial. Esse padrão expandia-se na direção do Texas.
  Esses dois modelos de sociedade se enfrentaram na Guerra de Secessão (1861-1865). A derrota do Sul solidificou a unidade territorial dos Estados Unidos em torno do ideário das colônias do Norte. Começava a história de uma grande potência.
Guerra de Secessão - o Norte contra o Sul dos Estados
FONTE: Araújo, Regina. Observatório de geografia: 8° ano: fronteiras e nações / Regina Araújo, Ângela Corrêa da Silva, Raul Borges Guimarães. - São Paulo: Moderna, 2009.

17 comentários:

Jullya Enrique disse...

Muitooooooooooooooo bom !, ME ajudou muito , um beij

BLOG DO PROFESSOR MARCIANO disse...

Valeu Júllya, precisar de alguma matéria é só pedir. Abraços

Anônimo disse...

me fala sobre as formas ou processos que ocorreram para a expansão territorial dos eua.

Anônimo disse...

Guerra da ascensão e a expansão territorial dos Estados Unidos.

MARCIANO DANTAS disse...

A expansão territorial dos Estados Unidos se deram através da compra de terras, de conflitos com a Espanha, México e Reino Unido e anexação de territórios

annaah criistiina disse...

mto obgd vlw, isso ajudo mto na minha proova... bjoo fiica com Deeus

MARCIANO DANTAS disse...

Obrigado Anna e boa sorte.

Anônimo disse...

Realmente o conteúdo está bem claro, me ajudou bastante

Anônimo disse...

ME AJUDOU MUITO VALEL!

Anônimo disse...

obrigada, muito bom, conteúdo completo!!

Anônimo disse...

Esta de Parabens , minha professora passou um trabalho sobre isso , eu estava procurando muito isso e não achei tão bem explicado como o seu .

Anônimo disse...

OBRIGADO

Anônimo disse...

ficou ótimo BJS

Anônimo disse...

obrigadoooo ajudou muito no meu trabalho...amei

Anônimo disse...

muito bom, obrigado, me ajudou muito.......

Thais Morais Silva disse...

valeu.. ajudou!

Anônimo disse...

só me dando resposta da prova to pelo cel e vi a resposta




Pesquisar este blog

Carregando...