BOO-BOX

ANUNCIAD

BOO-BOX

ANUNCIAD

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

AMÉRICA ANGLO-SAXÔNICA E AMÉRICA LATINA

  A história, a cultura e a economia, estabeleceram uma linha divisória no interior da América. Essa linha, que passa entre os Estados Unidos e o México, divide o continente em dois grandes conjuntos geopolíticos: o da América Anglo-Saxônica e o da América Latina.
  A América Anglo-Saxônica é constituída por apenas dois países: Estados Unidos e Canadá. Esses países-continentes originaram-se com a colonização britânica, utilizam majoritariamente a língua inglesa e apresentam predomínio de protestantes.
  Do ponto de vista econômico, Estados Unidos e Canadá são países desenvolvidos e sua população exibe, de modo geral, elevados níveis de vida e consumo. Os Estados Unidos são a maior potência econômica e militar do mundo, abrigando a sede de parte expressiva das empresas transnacionais nos setores industrial e financeiro.
Ford - um exemplo de transnacional norte-americana
  A América Latina é constituída por todos os países ao sul dos Estados Unidos. Quase todos eles originaram-se com a colonização espanhola e portuguesa, utilizam oficialmente línguas latinas e apresentam predomínio de católicos.
  Economicamente, a América Latina é um conjunto diversificado, com países de base industrial (como o Brasil e o México) e países profundamente dependentes da agricultura e da extração de minérios e combustíveis (como a Bolívia e o Equador). Mas, em todos, a pobreza atinge parcela expressiva da população e os níveis de renda são muito inferiores aos da América Anglo-Saxônica.
A pobreza domina na maioria da América Latina
  A linha divisória entre as duas Américas também tem significado demográfico. Na América Anglo-Saxônica, as taxas de natalidade são baixas e o crescimento vegetativo da população é lento. Já na América Latina, as taxas de natalidade ainda são relativamente altas e o crescimento vegetativo da população é maior, embora apresente clara tendência à redução.
  Alguns países do Grande Caribe, surgida com a colonização britânica ou holandesa, não se enquadram nos critérios culturais e históricos que definem a América Latina. Mas a economia faz toda a diferença: esses países compartilham com a América Latina níveis de renda muito inferiores aos dos Estados Unidos e do Canadá.
Paisagem das Bahamas - um país latino-americano colonizado por ingleses
  A fronteira entre os Estados Unidos e o México é uma faixa de tensão econômica, demográfica e política. Através dela, dois mundos se encaram e se confrontam, se atraem e se repelem.
Muro que separa os Estados Unidos do México:à direita, Tijuana no México; à esquerda, San Diego, Estados Unidos
FONTE: Magnoli, Demétrio Estudos de geografia, 8° ano/ Demétrio Magnoli. - 1. ed. -- São Paulo: Atual, 2008


23 comentários:

emanuelle santos disse...

bem legal mi ajudou muito na hora das provas.,..

BLOG DO PROFESSOR MARCIANO disse...

Ok, Emanuelle, obrigado

leticia disse...

muito bom

BLOG DO PROFESSOR MARCIANO disse...

Obrigado Letícia.

Anônimo disse...

vc tambem podia botar ainda hoje o poder aquisitivo,economia,PIB,renda per capita,expectativa de vida,mortalidade,natalidade,vegetaçao,clima,relevo,riquezas naturais,aspectos políticos e sociais da america anglo-saxonica e america latina!!

Anônimo disse...

ótimo!
mas acho que uma comentarista aqui é meio analfabeta!

"mi"

Anônimo disse...

bom , mas eu tenho um trabalho que eu preciso de diferenças naturais e sociais.

Robertha disse...

Eu queria saber exatamente o porque que uma Parte da América é denominada Latina.
Por favor me ajude.

Anônimo disse...

eu queria saber porque ocorreu essa divisao

MARCIANO DANTAS disse...

Olá Robertha, obrigado por acessar o meu blog. O termo América Latina refere-se ao fato de que a maior parte dos países do continente terem sido colonizados por países que falam o latim, como o português e o espanhol.

MARCIANO DANTAS disse...

Essa divisão é mais histórico-social, pois os países que compõem essa parte do continente, além da maior parte falarem o latim, tiveram o seu processo de colonização baseada na exploração, ou seja, os europeus vieram apenas para explorar as riquezas existentes. Já a América Anglo-Saxônica (EUA e Canadá), os países foram colonizados pela Inglaterra, país de língua saxão, apesar do Canadá também ter sido colonizado pela França de língua latina. Na América Anglo-Saxônica, a colonização foi de povoamento, ou seja, os colonizadores vieram para o continente com o objetivo de fundar uma nova Europa.

Graca disse...

na hora das provas?? que provas???

Lucas Ramos Calil disse...

muito bom me ajudou muito

Lucas Ramos Calil disse...

muito bom me ajudou muito

Anônimo disse...

O nome de um país da américa anglo-saxônia que possui um idioma latino como oficial

Anônimo disse...

óóbrigaaduu.. mim ajudo bastaant' ><

Anônimo disse...

eu gostei muito, parabéns professor seu trabalho e maravilhoso ensinar e aprender nao ha nada melhor

Mari disse...

Gostei muito do seu blog, porém se possível gostaria de saber algo sobre as definições de ideias e concepções de paisagem da escola anglo saxônica. Estou pesquisando, sobre este tema, mas encontrei pouca bibliografia.

Anônimo disse...

me ajudou muito em um trabalho obg

Jaqueline disse...

Gostei bastante me ajudou muito.

Anônimo disse...

Gostei bastante me ajudou muito.

jessica oliveira disse...

muito bom mesmo ...

Anônimo disse...

gosteiii!!!

Pesquisar este blog

Carregando...