BOO-BOX

BOO-BOX

terça-feira, 3 de julho de 2012

COMUNIDADE DOS ESTADOS INDEPENDENTES (CEI): ASPECTOS REGIONAIS


  A CEI (Comunidade dos Estados Independentes) é o bloco econômico regional que se formou após a desagregação da União Soviética. No dia 21 de dezembro de 1991, os líderes de 12 das 15 ex-repúblicas soviéticas reuniram-se em Alma Ata, no Cazaquistão, para instituir o bloco e decretar o fim da URSS. Entre os 15 países que se tornaram independentes da União Soviética, três não aderiram à CEI: Lituânia, Letônia e Estônia, as chamadas Repúblicas Bálticas.
Líderes da Rússia, da Ucrânia e da Bielorrússia assinam a criação da CEI e a aceleração da derrocada da URSS
  A CEI constitui uma confederação de Estados soberanos, cujo intuito é fortalecer as relações políticas e comerciais entre os países-membros. Diante do desafio de integrar essa região, a CEI vem enfrentando muitos problemas econômicos e sociais, decorrentes da transição de uma economia planificada e estatizada para uma economia globalizada e cada vez mais competitiva. À medida que o Estado deixou de ditar todas as regras que controlavam o funcionamento da economia, passando parte delas para a iniciativa privada, houve uma crise generalizada, que envolveu a diminuição na oferta de empregos, o aumento excessivo dos índices inflacionários, a queda da renda per capita, o endividamento externo, a queda na produção e a consequente recessão da economia.
  Todos esses problemas propiciaram um acentuado aumento nas desigualdades sociais, uma das características das economias capitalistas. Na maioria dos países da CEI, a concentração de renda, associada ao empobrecimento de uma parcela significativa da população, intensificou-se.
Mapa da ex-URSS
OS PAÍSES DA CEI
1. FEDERAÇÃO RUSSA
  A imensa Rússia, ou Federação Russa, é o país que tem o maior território do mundo, com 17.098.242 km². Com 138.739.892 habitantes, a Rússia é o nono país mais populoso do mundo. Sua densidade demográfica é baixíssima, aproximadamente 8,11 hab./km². As condições socioeconômicas foram melhores no passado; hoje são apenas razoáveis ou medianas: o PIB per capita é de 12.993 dólares, sendo o 53° nesse quesito.
  A Rússia herdou alguns dos grandes  problemas da antiga União Soviética. Ela precisa urgentemente construir sua identidade nacional, pois continua sendo um Estado multinacional, composto de várias etnias ou nacionalidades, que, em muitos casos, pleiteiam sua independência. Existem hoje mais de trinta repúblicas e regiões relativamente autônomas na Rússia, nas quais habitam minorias nacionais que desejam reforçar suas identidades próprias.
Divisão da Rússia
  O problema russo mais imediato, porém, é a grave crise econômica.
  Boa parte dos problemas econômicos russos decorre das dificuldades de reconverter o poderoso setor militar, ou seja, transformá-lo em indústrias que desenvolvam alta tecnologia no setor civil da economia. Outra dificuldade é a ausência de uma mentalidade (do povo, do governo e dos empresários) de economia de mercado, já que, durante quase todo o século XX, o país conviveu com uma economia centralizada e dirigida pelo Estado, de maneira que não havia liberdade para investimentos particulares.
Desfile militar na Rússia em 2008, comemorando a vitória dos soviéticos sobre as tropas elemães na Segunda Guerra
  A privatização das empresas estatais, que, em geral, eram deficitárias e com baixa modernização, é um processo que vem ocorrendo lentamente por causa do desemprego que ocasiona (pois essas empresas eram fonte de empregos numerosos, embora muitas vezes inúteis ou dispensáveis). Por fim, os investimentos estrangeiros na Rússia não foram os esperados: os investidores dos países desenvolvidos têm receio dos riscos de instabilidade e também elegeram outras áreas prioritárias nos anos 1990, como  leste da Ásia e a Europa Oriental.
  Apesar de todas essas dificuldades, a Rússia luta para se manter como uma grande potência econômica e militar no início do século XXI.
DADOS SOBRE A RÚSSIA
NOME OFICIAL: Federação Russa
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Declarada: 12 de junho de 1990
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Moscou
 
Kremlin em Moscou - capital da Rússia
ÁREA:  17.098.242 km² (1º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011):
138.739.892 habitantes (9º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU):  8,11 hab./km² (189°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Moscou: 11.503.501 habitantes
Moscou - capital e maior cidade da Rússia
São Petersburgo: 4.661.219 habitantes
São Petersburgo - segunda maior cidade da Rússia
Novosibirsk: 1.397.191 habitantes
Novosibirsk - terceira maior cidade da Rússia
LÍNGUA: russo
IDH (ONU - 2011): 0,755 (66°)
PIB (FMI - 2011): US$ 1,850 trilhão (9°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 65,5 anos (137°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 16,6/ mil (81°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 73% (49°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,5% (11°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 12.993 (53º)
MOEDA: Rublo
RELIGIÃO (2010): cristãos (59,7%, com predomínio de católicos ortodoxos), sem religião (25,8%), islâmicos (7,6%), ateus (5,1%), outras religiões (1,8%).
DIVISÃO: na Rússia vigora o sistema estatal de uma República Federal onde existem dentro desse país várias divisões autônomas. Atualmente, a Federação Russa é dividida em 83 partes das quais:
  • 46 são oblasts - regiões, administradas por cada governador;
  • 21 são repúblicas, administradas por cada presidente como chefe de Estado e pelo primeiro-ministro como chefe de Governo;
  • 9 são krais - territórios, administrados por cada governador;
  • 4 são oblasts autônomos, administrados por cada governador;
  • 2 são cidades federais que são Moscou e São Petersburgo, ambas administradas por prefeitos;
  • 1 é província autônoma, Oblast Autônomo Judaico, administrada por um governador.
2. A CEI NA EUROPA ORIENTAL
  Os países da CEI que se situam mais a oeste, na periferia leste da Europa oriental são Ucrânia, Belarus e Moldávia.
UCRÂNIA
  Depois da Rússia, a Ucrânia é o país da CEI mais populoso e com economia mais forte, além de ser o maior país em dimensão territorial inteiramente na Europa. Esse país, que foi, durante décadas, o celeiro da União Soviética, da qual era uma das quinze repúblicas, possui um dos melhores solos agrícolas do mundo - o famoso tchernoziom ou terra negra -, onde há extensas plantações de trigo, beterraba, batata, milho, soja e outros produtos. Existem também inúmeras indústrias importantes no país, com destaque para a metalúrgica, mecânica, química, de equipamentos e petroquímica. Com a desagregação da União Soviética e a crise da economia russa, a Ucrânia sofreu sérias consequências. Mas com a dissolução dessa superpotência e a independência da Ucrânia, no fim de 1991, os moradores da Crimeia, onde predominam os russos, passaram a aspirar à sua separação desse país e à reunificação com a Rússia.
DADOS SOBRE A UCRÂNIA
NOME OFICIAL: República da Ucrânia 
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Declarada: 24 de agosto de 1991
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Kiev

Praça da Independência em Kiev - capital da Ucrânia
ÁREA:  603.500 km² (44º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011): 
45.134.707 habitantes (28º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 74,78 hab./km² (98°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Kiev: 2.886.518 habitantes
Kiev - capital e maior cidade da Ucrânia
Kharkiv: 1.561.200 habitantes
Kharkiv - segunda maior cidade da Ucrânia
Dnipropetrovsk: 1.435.612 habitantes
Dnipropetrovsk - terceira maior cidade da Ucrânia
LÍNGUA: ucraniano
IDH (ONU - 2011): 0,729 (76°)
PIB (FMI - 2011): US$ 164,960 bilhões (55°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 67,9 anos (123°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 12,8/ mil (67°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 68% (62°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,7% (4°)
PIB PER CAPITA (FMI- 2011): U$ 3.621 (108º)
MOEDA: Grívnia
RELIGIÃO (2010): católicos ortodoxos (53,1%), independentes (15,6%), católicos romanos (11,1% - sendo 8,0% de greco-católicos ucranianos e 3,1% de católicos latinos), sem religião (10,7%), ateus (4,0%), protestantes (2,7%), muçulmanos (1,7%), judeus (0,4%), outras religiões (0,7%)
Catedral de Santa Sophia em Kiev
DIVISÃO: a Ucrânia é subdividida em 24 províncias (oblasts) e uma república autônoma (a Crimeia, com estatuto semelhante ao das regiões autônomas portuguesas dos Açores e da Madeira) e duas cidades independentes, que possuem um estatuto especial (Kiev e Sebastopol).
1. Tcherkássi 2. Tchernigov 3. Tchernvitsi 4. Crimeia 5. Dnipropetrovsk 6. Donetsk 7. Ivano Frankivsk 8. Kharkiv 9. Kherson 10. Khmelnitski 11. Kirovogrado 12. Kiev 13. Lugansk 14. Lviv 15. Mykolaiv 16. Odessa 17. Poltava 18. Rivne 19. Sumi 20. Ternopil 21. Vinnitsa 22. Volínia 23. Transcarpátia 24. Zaporíjia 25. Jitomir
BELARUS
  Belarus ainda permanece bastante dependente da Rússia, país para o qual vende cerca de 70% de suas exportações e do qual compra 90% de suas necessidades energéticas (petróleo, carvão, energia elétrica). O país, contudo, principalmente graças à pequena população e à razoável industrialização, possui uma das mais elevadas rendas per capita da CEI.
DADOS SOBRE BELARUS OU BIELORRÚSSIA
NOME OFICIAL: República da Bielorrússia
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Declarada: 27 de julho de 1990
Estabelecida: 25 de agosto de 1991 
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Minsk
Praça da Vitória em Minsk - capital de Belarus
ÁREA: 207.600 km² (84º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011):
9.685.768 habitantes (83º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 46,65 hab./km² (131°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Minsk: 1.830.700 habitantes
Minsk - capital e maior cidade de Belarus
Gomel: 486.197 habitantes
Gomel - segunda maior cidade de Belarus
Mahilou: 371.200 habitantes
Mahilou - terceira maior cidade de Belarus
LÍNGUA: bielorruso ou russo
IDH (ONU - 2011): 0,756 (65°)
PIB (FMI - 2011): US$ 55,483 bilhões (72°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 69 anos (117°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 9,4/ mil (54°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 73% (52°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,7% (4°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 5.881 (84º)
MOEDA: Rublo bielorrusso
RELIGIÃO (2010): cristãos (70%, sendo: 48,6% ortodoxos; 13,2 católicos; 5,7% sem filiação; e 2,5% outros), sem religião (24%), ateus (5%), outras religiões (1%).
Igreja da Ressurreição em Brest - Bielorrússia
DIVISÃO: a Bielorrússia está dividida em seis voblasts (províncias), que recebem o nome das cidades que lhes servem como centros administrativos. Cada voblast tem uma autoridade legislativa provincial, chamada de oblsovet (conselho do voblast), eleito pelos habitantes do voblast, e uma autoridade executiva provincial, cujo líder é indicado pelo presidente. Os voblasts são subdivididos em raions (distritos ou regiões).
  Da mesma maneira, cada raion tem sua própria autoridade legislativa, eleito pelos seus residentes, e uma autoridade executiva, indicada por instâncias superiores do poder executivo.
 
 MOLDÁVIA
  A Moldávia é um país pouco industrializado que depende basicamente da agricultura e da pecuária. O clima favorável lhe permite ter boas safras de tabaco, uva e outras frutas. Mais da metade de sua população total ainda vive no meio rural. Existem no país algumas reservas de petróleo e gás natural, que são pouco exploradas.
  A grande maioria da população da Moldávia é de etnia latina, do grupo moldávio (65% do total), que fala o romeno, idioma oficial do país. Depois vem o ucraniano (14% do total), russo (13% do total), turco (3% do total) e outras etnias minoritárias.
DADOS SOBRE A MOLDÁVIA
NOME OFICIAL: República da Moldávia  
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Declarada: 27 de agosto de 1991
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Chisinau
Portas de Chisinau - capital da Moldávia
ÁREA: 33.851 km² (136º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011):
4.324.450 habitantes (122º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 127,74 hab./km² (59°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Chisinau: 667.700 habitantes
Chisinau - capital e maior cidade da Moldávia
Tiraspol: 148.900 habitantes
Tiraspol - segunda maior cidade da Moldávia
Balti: 144.300 habitantes
Balti - terceira maior cidade da Moldávia
LÍNGUA: moldávia
IDH (ONU - 2011): 0,649 (111°)
PIB (FMI - 2011): US$ 7,003 bilhões (139°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 68,9 anos (118°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 15,8/ mil (78°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 42% (131°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,2% (17°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 1.969 (128º)
MOEDA: Leu moldávio
RELIGIÃO (2010): cristão ortodoxo (95%), outras religiões (5%).
DIVISÃO: a República da Moldávia é dividida administrativamente em 32 condados ou distritos, três municípios (Chisinau, Balti e Tighina) e duas regiões autônomas: a Gagaúzia e a Transnístria, esta última tendo declarado unilateralmente sua independência. As subdivisões são: Anenii Noi, Basarabeasca, Briceni, Cahul, Cantemir, Calarasi, Causeni, Cimislia, Criuleni, Donduseni, Drochia, Dubasari, Edinet, Falesti, Floresti, Glodeni, Hincesti, Ialoveni, Leova, Nisporeni, Ocnita, Orhei, Rezina, Riscani, Singerei, Soroca, Straseni, Soldanesti, Stefan Vodã, Taraclia, Telenesti e Ungheni.
3. A CEI NA TRANSCAUCÁSIA
  A CEI na Transcaucásia, é formado pela Geórgia, pela Armênia e pelo Azerbaijão.
GEÓRGIA
  Desde a sua independência, no fim de 1991, a Geórgia vive uma situação conturbada. O primeiro governo eleito do país em sua história, acabou sendo derrubado por um golpe militar, e o país, nos anos 1990 se destacou pelos frequentes conflitos internos (e também com a Rússia). A Geórgia se afastou da CEI durante cerca de dois anos, mas depois retornou. Em 14 de agosto de 2008, o parlamento georgiano aprovou a saída definitiva do país da Comunidade, devido o apoio militar russo às causas de independência da Abecásia e da Ossétia do Sul.
DADOS SOBRE A GEÓRGIA
NOME OFICIAL: República da Geórgia
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Declarada: 9 de abril de 1991
Reconhecida: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Tbilisi
Praça da Liberdade em Tbilisi - capital da Geórgia
ÁREA: 69.700 km² (119º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011):
4.630.841 habitantes (116º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 66,43 hab./km² (104°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Tbilisi: 1.253.100 habitantes
Tbilisi - capital e maior cidade da Geórgia
Kutaisi: 240.500 habitantes
Kutaisi - segunda maior cidade da Geórgia
Rustavi: 158.500 habitantes
Rustavi - terceira maior cidade da Geórgia
LÍNGUA: georgiano
IDH (ONU - 2011): 0,733 (75°)
PIB (FMI - 2010): US$ 14,347 bilhões (117°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 71,0 anos (108°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 38,7/ mil (125°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 53% (107°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,7% (4°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 3.210 (114º)
MOEDA: Lari
RELIGIÃO (2010): cristianismo (46,1%, sendo 36,6% de ortodoxos georgianos, 2,7% de ortodoxos russos, 5,6% de ortodoxos armênios, 1,2% de outros cristãos), islamismo (11%), outras (42,9%, sendo a maioria ateus).
DIVISÃO: a Geórgia está dividida em duas repúblicas autônomas (Abecásia e Abjazia), nove regiões (Samegrelo-Zemo Svaneti, Guria, Racha-Lechkhumi e Kvemo Svaneti, Imereti, Samtskhe-Javakheti, Mitskheta-Mtianeti, Kvemo Kartli, Shidda Kartli e Karkheti) e uma municipalidade (Tíflis). As regiões e repúblicas autônomas estão subdivididos em distritos e cidades com status de distrito.
1. Abecásia 2. Samegrelo-Zemo Svaneti 3. Guria 4. Abjazia 5. Racha-Lechkhumi e Kvemo Svaneti 6. Imereti 7. Samtskhe-Javakheti 8. Shidda Kartli 9. Mitskheta-Mtianeti 10. Kvemo Kartli 11. Karkheti 12. Tíflis.
ARMÊNIA
  A Armênia também vive uma situação conturbada desde os fins dos anos 1980, quando começou a ficar claro que a União Soviética poderia se desintegrar.
  A Armênia se vê confrontada, de um lado, por uma precária situação econômica (decorrente de vários fatores: dificuldade na transição para a economia de mercado, dependência externa para o suprimento de fontes de energia e as consequências de um violento terremoto, que arrasou grande parte das indústrias do país em 1988, mas que até hoje ainda sofre com as suas consequências) e, de outro, por questões políticas: os conflitos militares com o Azerbaijão e o movimento separatista da República de Nakhitchevan, situada no sul do país, nas vizinhanças com o Irã.
DADOS SOBRE A ARMÊNIA
NOME OFICIAL: República da Armênia
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Data tradicional: 11 de agosto de 2492
República Democrática da Armênia: 28 de maio de 1918 
Declarada: 23 de agosto de 1990
Reconhecida: 21 de setembro de 1991
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Yerevan
Forte das Andorinhas em Yerevan - capital da Armênia. Memorial dedicado às vítimas do Genocídio Armênio
ÁREA: 29.800 km² (139º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011):
2.968.586 habitantes (137º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU):  99,61 hab./km² (76°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Yerevan: 1.283.800 habitantes
Yerevan - capital e maior cidade da Armênia
Gyumri: 206.600 habitantes
Gyumri - segunda maior cidade da Armênia
Vanadzor: 170.929 habitantes
Vanadzor - terceira maior cidade da Armênia
LÍNGUA: armênio
IDH (ONU - 2011): 0,716 (86°)
PIB (FMI - 2011): US$ 10,106 bilhões (127°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 72,0 anos (96°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 28,9/ mil (114°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 64% (77°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,5% (11°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 3.033 (120º)
MOEDA: Dram armênio
RELIGIÃO (2010): a religião predominante na Armênia é o cristianismo, partilhada por 98,7% da população.
Mosteiro de Khor Virap e ao fundo o Monte Ararat, onde a Arca de Noé supostamente encalhou após o dilúvio
DIVISÃO: a Armênia está organizada político-territorialmente em onze subdivisões. Destas onze, dez são chamadas marzer (fronteira ou limite). Yerevan é tratada separadamente e recebe status especial de hamaynq por ser a capital do país. O líder do executivo em cada uma das 10 marzes é o marzpet ou governador da marz, apontado pelo governo da Armênia. Em Yerevan, o líder do executivo é o prefeito, apontado pelo presidente. A república possui 953 vilarejos, 48 cidades e 932 comunidades, das quais 871 são rurais e 61 urbanas.
1. Aragatsotn 2. Ararat 3. Armavir 4. Gegharkunik 5. Kotayk 6. Lorri 7. Shirak 8. Syunik 9. Tavush 10. Vayots Dzor 11. Ierevan
AZERBAIJÃO
  O Azerbaijão era considerado uma das repúblicas mais desenvolvidas da União Soviética em razão de suas amplas reservas de petróleo e inúmeras indústrias petroquímicas, químicas, de construção, têxtil e outras. Mas, com a independência e a incompetência do novo governo e os conflitos militares com a Armênia, o país pouco evoluiu nos anos 1990. Apesar de ter o dobro da população da Armênia e muito mais recursos financeiros, o Azerbaijão acabou levando a pior nas batalhas travadas entre os dois países pelo controle do território Nagorno-Karabakh.
DADOS SOBRE O AZERBAIJÃO
NOME OFICIAL: República do Azerbaijão
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Formação do Estado: 1135 d.C.
República Democrática do Azerbaijão: 28 de maio de 1918
República Socialista Soviética do Azerbaijão: 28 de abril de 1920
Declarada: 24 de agosto de 1991
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Baku
Prefeitura de Baku - capital do Azerbaijão
ÁREA: 86.600 km² (112º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011): 
8.177.717 habitantes (93º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 94,43 hab./km² (79°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Baku: 2.060.815 habitantes
Baku - capital e maior cidade do Azerbaijão
Ganja: 377.348 habitantes
Ganja - segunda maior cidade do Azerbaijão
Sumqayit: 357.900 habitantes
Sumqayit - terceira maior cidade do Azerbaijão
LÍNGUA: azerbaijano
IDH (ONU - 2011): 0,700 (91°)
PIB (FMI - 2011): US$ 62,321 bilhões (68°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 67,5 anos (124°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 72,3/ mil (164°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 52% (112°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,5% (11°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 6.832 (79º)
MOEDA: Manati azerbaijano
RELIGIÃO (2010): no país predomina o islamismo, que é a religião de 95% da população, onde 83% são xiitas e 12% sunitas. O Azerbaijão é um estado secular, sem religião oficial. A sua constituição consagra a liberdade religiosa e de consciência.
DIVISÃO: o Azerbaijão é divididp em 59 rayons, 11 cidade distritos e uma república autônoma (Nakhchivan), que divide-se em 7 rayons e uma cidade. O Presidente do Azerbaijão nomeia os governadores dessas unidades, enquanto o governo de Nakhchivan é eleito e aprovado pelo parlamento da República Autônoma Nakhchivan.
1. Absheron 2. Agjabadi 3. Agdam 4. Agdash 5. Agstafa 6. Agsu 7. Ali Bayramli (cidade) 8. Astara 9. Baku (cidade) 10. Balakan 11. Barda 12. Beylagan 13. Bilasuvar 14. Jabrayil 15. Jalilabad 16. Dashkasan 17. Davachi 18. Fizuli 19. Gadabay (contém um enclave da Armênia) 20.  Ganja (cidade) 21. Goranboy 22. Goychay 23. Hajigabul 24. Imishli 25. Ismailli 26. Kalbajar (parcialmente em Nagorno-Karabakh) 27. Kurdamir 28. Lachin 29. Lankaran 30. Lankaran (cidade) 31. Lerik 32. Masally 33. Mingachevir (cidade) 34. Naftalan (cidade) 35. Neftchala 36. Oguz 37. Qabala 38. Qakh 39. Qazakh (possui dois enclaves na Armênia) 40. Qobustan 41. Quba 42. Qubadli 43. Qusar 44. Saatly 45. Sabirabad 46. Shaki 47. Shaki (cidade) 48. Salyan 49. Shamakhi 50. Shamkir 51. Samukh 52. Siazan 53. Sumqayit (cidade) 54. Shusha (em Nagorno-Karabakh) 55. Shusha (cidade em Nagorno-Karabakh) 56. Tartar (parcialmente em Nagorno-Karabakh) 57. Tovuz 58. Ujar 59. Khachmaz 60. Khankendi (cidade - capital de Nagorno-Karabakh, atualmente chamada de Stepanakert) 61. Khanlar 62. Khizi 63. Khojali (em Nagorno-Karabakh) 64. Khojavend (em Nagorno-Karabakh) 65. Yardymli 66. Yevlakh 67. Yevlakh (cidade) 68. Zangilan 69. Zaqatala 70. Zardab.
República Autônoma de Nakichevan
  Os sete distritos de Nakichevan são:
1. Babeck 2. Julfa 3. Kangarli 4. Ordubad 5. Sadarak (contém um enclave na Armênia) 6. Shakhbuz 7. Sharur
4. A CEI NA ÁSIA CENTRAL
  Os países que se localizam na Ásia Central (ao norte do Oriente Médio e ao sul da Rússia) são o Cazaquistão, o Turcomenistão, o Uzbequistão, a Quirguízia e o Tajiquistão, que possuem alguns traços comuns: populações islâmicas ou muçulmanas e um baixo padrão de vida, com baixa renda per capita e atividades econômicas em geral baseadas na agricultura e na mineração.
DADOS SOBRE O CAZAQUISTÃO
NOME OFICIAL: República do Cazaquistão
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Declarada: 16 de dezembro de 1991
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Astana
Palácio presidencial em Astana - capital do Cazaquistão
ÁREA: 2.724.900 km² (9º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011):
15.340.533 habitantes (61º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 5,62 hab./km² (193°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Almaty: 1.421.628 habitantes
Almaty - maior cidade do Cazaquistão
Astana: 802.980 habitantes
Astana - capital e segunda maior cidade do Cazaquistão
Shymkent: 488.700 habitantes
Shymkent - terceira maior cidade do Cazaquistão
LÍNGUA: russo e cazaque
IDH (ONU - 2011): 0,745 (68°)
PIB (FMI - 2011): US$ 178,312 bilhões (51°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 67,0 anos (127°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 24,1/ mil (107°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 58% (94°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,6% (9°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 10.694 (59º)
MOEDA: Tenge
RELIGIÃO (2010): islamismo (53,7%), Igreja Ortodoxa Russa (7,8%), católicos romanos (2,9%), protestantes (10,0%), luteranos (3,2%), Adventistas do Sétimo Dia (3,3%), Testemunhas de Jeová (4,0%), pentecostais (1,1%), recém-fundadas (11%), outras (3%).
DIVISÃO: o Cazaquistão está dividido em 14 províncias. As províncias, por sua vez, estão subdivididas em distritos.
DADOS SOBRE O UZBEQUISTÃO
NOME OFICIAL: República do Uzbequistão
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Formação: 1747
Adesão à URSS: 27 de outubro de 1924
Declarada: 1° de setembro de 1991
Reconhecida: 8 de dezembro de 1991
Completada: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Tashkent
Estátua de Amir Temur, herói do Uzbequistão em Tashkent - capital do Uzbequistão
ÁREA: 447.400 km² (56º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011): 
28.128.600 habitantes (44º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 62,87 hab./km² (109°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Tashkent: 2.320.700 habitantes
Tashkent - capital e maior cidade doUzbequistão
Samarcanda: 596.300 habitantes
Samarcanda - segunda maior cidade do Uzbequistão
Namangan: 449.200 habitantes
Namangan - terceira maior cidade do Uzbequistão
LÍNGUA: uzbeque
IDH (ONU - 2011): 0,641 (115°)
PIB (FMI - 2011): US$ 45,353 bilhões (79°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 67,2 anos (126°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 55,0/ mil (144°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 37% (141°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 96,9% (60°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 1.572 (131º)
MOEDA: Som uzbeque
RELIGIÃO (2010):islâmicos (88%), ortodoxos (9%), outros (3%).
DIVISÃO: o Uzbequistão está dividido em 12 províncias, uma república autônoma e uma cidade autônoma.
1. Tashkent (capital nacional) 2. Andijon 3. Bukhoro 4. Farghona 5. Jizzakh 6. Namangan 7. Nawoiy 8. Qashqadaryo 9. Samarcanda 10. Sirdaryo 11. Surkhondaryo 12. Tashkent 13. Khorazm 14. República do Caracalpaquistão.
DADOS SOBRE O TURCOMENISTÃO
NOME OFICIAL: República do Turcomenistão
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Declarada: 27 de outubro de 1991
Concluída: 12 de dezembro de 1991
CAPITAL: Ashgabate
Palácio presidencial em Ashgabate - capital do Turcomenistão
ÁREA: 488.100 km² (52º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011): 4.829.332
habitantes (114º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 9,89 hab./km² (184°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Ashgabate: 1.098.000 habitantes
Ashgabate - capital e maior cidade do Turcomenistão
Turkmenabat: 276.817 habitantes
Turkmenabat - segunda maior cidade do Turcomenistão
Dasoguz: 218.100 habitantes
Dasoguz - terceira maior cidade do Turcomenistão
LÍNGUA: turcomeno e russo
IDH (ONU - 2011): 0,686 (102°)
PIB (FMI - 2012): US$ 25,742 bilhões (94°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 63,2 anos (145°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 74,7/ mil (167°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 49% (115°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,5% (11°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 4.658 (96º)
MOEDA: Manat turcomano
RELIGIÃO (2010): muçulmanos (89%), ortodoxos (9%), sem religião ou outra religião (2%).
DIVISÃO: o Turcomenistão está dividido em cinco províncias e uma cidade independente (Ashgabate). As províncias são subdivididas em distritos, que podem ser condados ou cidades.
DADOS SOBRE O TADJIQUISTÃO
NOME OFICIAL: República do Tajiquistão
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Estabelecimento do Império Samânido: 875 d.C.
Declarada: 9 de setembro de 1991
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Duchambe

Museu Nacional de Duchambe - capital do Tadjiquistão
ÁREA: 143.100 km² (94º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011):
7.211.884 habitantes (98º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 50,39 hab./km² (123°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Duchambe: 779.400 habitantes
Duchambe - capital e maior cidade do Tadjiquistão
Khujand: 180.900 habitantes
Khujand - segunda maior cidade do Tadjiquistão
Kulob: 103.800 habitantes
Kulob - terceira maior cidade do Tadjiquistão
LÍNGUA: tajique
IDH (ONU - 2011): 0,607 (127°)
PIB (FMI - 2011): US$ 6,523 bilhões (140°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 66,7 anos (130°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 60,2/mil (149°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 26% (169°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,6% (9°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 831 (155º)
MOEDA: Somoni
RELIGIÃO (2010): islamismo (83,8%), sem religião (12,3%), outras religiões (2%), ateus (1,9%).
DIVISÃO: o Tadjiquistão está dividido em três províncias, uma região autônoma e a capital, Duchambe, que possui estatuto especial. Cada província é dividida em distritos.
1. Sughd 2. Karotegin 3. Khatlon 4. Gorno-Badakhshan
DADOS SOBRE O QUIRGUISTÃO
NOME OFICIAL: República da Quirguízia
INDEPENDÊNCIA: da União Soviética
Declarada: 31 de agosto de 1991
Concluída: 25 de dezembro de 1991
CAPITAL: Bichkek
Praça Central de Bichkek - capital do Quirguistão
ÁREA: 199.951 km² (85º)
POPULAÇÃO (ONU - 2011): 
5.356.869 habitantes (112º)
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (ONU): 26,79 hab./km² (155°)
CIDADES MAIS POPULOSAS (ESTIMATIVA 2012):
Bichkek: 1.350.100 habitantes
Bichkek - capital e maior cidade do Quirguistão
Osh: 244.600 habitantes
Osh - segunda maior cidade do Quirguistão
Jalalabad: 78.689 habitantes
Pórtico de Jalalabad - terceira maior cidade do Quirguistão
LÍNGUA: quirguiz e russo
IDH (ONU - 2011): 0,615 (126°)
PIB (FMI - 2011): US$ 5,920 bilhões (144°)
EXPECTATIVA DE VIDA (ONU - 2005/2010): 65,9 anos (132°)
MORTALIDADE INFANTIL (ONU - 2005/2010): 53,1/ mil (139°)
TAXA DE URBANIZAÇÃO (CIA WORLD FACTBOOK - 2008): 36% (146°)
TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (PNUD - 2007/2008): 99,3% (15°)
PIB PER CAPITA (FMI - 2011): U$ 1.070 (148º)
MOEDA: Som quirguiz
RELIGIÃO (2010): islamismo (70%), ortodoxos russos (5,7%), outras religiões (24,3%).
DIVISÃO: o Quirguistão está dividido em sete províncias, administradas por governadores nomeados pelo governo central. A capital, Bichkek é, administrativamente, uma cidade independente. As províncias e a cidade são:
1. Bichkek (capital) 2. Batken 3. Chuy 4. Jalalabad 5. Naryn 6. Osh 7. Talas 8. Issyk Kul
FONTE: Vesentini, José William. Geografia crítica / José William Vesentini, Vânia Vlach. -- 4. ed. -- São Paulo: Ática, 2009.

5 comentários:

Anônimo disse...

mtu bom me ajudo mtu

Anônimo disse...

Ótimo! Me ajudou bastante na minha pesquisa

virna costa disse...

bom d+....ajudou bastante!!

virna costa disse...

bom d+...ajudou bastante!!

virna costa disse...

bom d+....ajudou bastante!!

Pesquisar este blog

Carregando...